Noticias

3   4   5   6   7   8   9   10   11

AT Revista

25.03.2012

Depois de algumas experiências frustradas com rede de nylon e produtos que prometiam afastar os pombos que insistiam em circular por sua varanda, Neusa Sleiman conversou com o artista plástico Jadir Battaglia para juntos encontrarem uma solução.
Do bate-papo surgiu a ideia de simular um ninho da ave.
"A proposta é mostrar que aquele espaço já tem dono. Deu supercerto.
Há seis meses as aves não incomodam mais", diz Battaglia, que chegou a usar resina, matéria-prima de suas obras, para modelar os ovos ­ que são mais ou menos do tamanho dos de codorna.
Jadir montou todo o ninho. Comprou uma cesta de palha, colocou os ovinhos e prendeu com um arame junto à mureta da varanda. "Uma possibilidade é usar pequenas pedras brancas como ovos. Não tem segredo. O melhor é que é uma medida inofensiva, já que não machuca o animal".
A questão dos pombos vai além do incômodo provocado pela sujeira e pelo arrulhar. Considerados praga urbana, eles transmitem doenças como a criptococose e histoplasmose, que causam um tipo de micose profunda. Ambas são transmitidas por meio da inalação de poeira contendo fezes de pombos contaminadas. Outra doença é a salmonelose, que é transmitida por meio da ingestão de alimentos contaminados com fezes do bicho.
Assim, fica uma dica básica e importante que ajuda a afastá-los: nada de alimentá-los, diz o professor de Biologia da Universidade Católica de Santos (UniSantos) Ronaldo Bastos Francini.
"Como em qualquer VISITASINDESEJÁVEIS Pombos e insetos trazem sujeira e transtornos a qualquer lar. E ainda podem provocar doenças! Conheça truques para mantê-los longe de sua família Cesta e pedras brancas simulam ninho de pombo e afastam outros da varanda.

S U A C A S A
POR ADRIANA MARTINS
FOTOS FERNANDA LUZ E SHUTTERSTOCK 32 AT REVISTA